És uma vítima conhecida?!

Lamentavelmente, ter contas em sítios da Web parece ser um mal necessário. Isto porque há quem esteja (quase) sempre a procurar falhas de segurança nos sistemas. Quando uma destas falhas é encontrada, os atacantes podem ter acesso a dados dos utilizadores inscritos nesse sítio (AVG, Dropbox, Adobe, Facebook são exemplos de sítios da Web que já sofreram deste tipo de problemas – ver mais em haveibeenpwned.com/PwnedWebsites e em en.wikipedia.org/wiki/List_of_data_breaches).

Solução?

Er, pois…
Se os atacantes não pararem de atacar, não há solução.

Há prevenção, que passa por criar senhas diferentes para cada conta online e activação da autenticação dupla nos serviços que o permitem (por exemplo, o Facebook e o Gmail permitem activar esta funcionalidade de segurança) e evitar colocar informação pessoal online.
Dessa forma, caso haja uma falha, é descoberta apenas a senha de um sítio Web e não de todos (caso a senha utilizada fosse sempre a mesma).

Seja como for, é possível que tenham acontecidos mais falhas de segurança que se desconhecem, para não gerar o pânico.
Portanto, não será de admirar que recebamos mensagens ou telefonemas estranhos – desde que não venham problemas piores…

É o “maravilhoso” mundo digital: com as suas vantagens e, claro, desvantagens.

Ligações

Vertex

Website que explica se é boa ideia ou não utilizar o “have i been pwned?”

Should I use Have I been pwned (HIBP) ?

Firefox Monitor e have i been pwned?

Verificar se os teus dados são conhecidos e quais dados:

monitor.firefox.com

haveibeenpwned.com

Digital Trendse have i been pwned?

Websites que apresentam os serviços que sofreram ataques:

www.digitaltrends.com/computing/best-websites-for-finding-out-if-youve-been-hacked

haveibeenpwned.com/PwnedWebsites

Deixar uma resposta