Extras, Extensões, Addons ou Plugins

É por notícias como esta:
arstechnica.com/information-technology/2022/08/google-removes-extensions-that-covertly-tracked-users-and-injected-javascript
…e esta:
wired.com/story/mobile-apps-cloud-credentials-exposed

…que dificilmente irei aconselhar a instalação de um qualquer extra, extensão, addon ou plugin.
Quem conhece o “universo da informática e das telecomunicações” sabe que a utilização destes sistemas tem necessariamente assentar numa base de confiança.

Ao utilizarmos um computador pessoal (com sistema operativo Microsoft, Linux ou Google), um Mac (sistema operativo Apple), estamos a confiar os nossos ficheiros (documentos, fotografias, vídeos, etc.) a estas empresas, o que já é um grande voto de confiança, uma vez que estas empresas nem sequer são portuguesas, nem têm sede em Portugal.

Adicionalmente, a maioria de nós tem por hábito instalar outras aplicações para além das que já vêm instaladas de origem, por exemplo, os navegadores de páginas Web (Chrome, Firefox, Edge, Opera, Vivaldi, Brave, etc.). Aqui podemos encontrar entidades com uma dimensão menor, muitas vezes desconhecidas para os utilizadores. Por exemplo, nem todos nós conhece a entidade (empresa ou programador) que projetou ou que mantém o navegador Opera – terias uma surpresa!

Agora, imagina as entidades que desenvolvem “pequenos” extras, extensões, addons ou plugins…

Bom, as grandes entidades têm bastante a perder com eventuais escândalos de privacidade ou segurança. Estas entidades têm que prestar contas a investidores, acionistas, etc. Já os “mais pequenos” poderão facilmente mudar de nome ou de atividade caso algo “corra mal”.

Do ponto de vista do utilizador, poderá estar em risco as informações pessoais próprias e, eventualmente, as informações e os dados pessoais de outras pessoas envolvidas na sua vida pessoal ou profissional.

Portanto, a meu ver, não vale a pena facilitar e arriscar.

Boa navegação e navegação segura. 🔒

😉

Mais sobre este assunto:

Partilha este artigo e ajuda os teus contactos

Responder

O seu endereço de email não será publicado.